SESSÕES EXTRAMUROS

As Sessões Extramuros seguem o modelo que vem sendo realizado nas Reuniões da Associação Brasileira de Antropologia (ABA). O objetivo é reunir antropólogos e antropólogas para discutir as atribuições e papéis assumidos contemporaneamente em seu exercício profissional e as reflexões suscitadas pela sua atuação para além das fronteiras acadêmicas. As sessões poderão contar ainda com interlocutores de diferentes coletivos e movimentos sociais, instituições públicas e privadas, representantes de grupos sociais e comunidades.

SE1 – Reforçando Pontes e Abrindo Outros Caminhos Possíveis Diálogos de Saberes para o Bem Viver.

MediadoresProf. Dr. Ulisses Neves Rafael (PPGA/UFS e Representante da ABA no Fórum Estadual)
Christiane Rocha Falcão (Póscom/UFBA)

A partir de uma contextualização sobre os encontros entre sistemas de pensamento e formas de resistir na diversidade cultural/humana, o webinário visa possibilitar encontros entre alteridades e percepções sobre o mundo covid-19 e pós covid-19. Ocorrerá em três sessões, com duração de duas horas cada uma, contando com a participação de pensadoras/es e ativistas de contextos diferentes.


Sessão 1: Quilombismo e Contracolonização

Manoel Belarmino e Antonio Bispo (PI)


Sessão 2: Mulheres na Linha de Frente – Ação solidária no Combate à Covid-19 nos territórios

Ana Terra Yawalapiti (TIX) e Dalva Santos (MOTU)

Sessão 3: Mestres dos saberes populares: Descolonizando as artes

Cícero Alves dos Santos – O Véio (SE).

SE2 – Corpos em resistência na pandemia

ConvidadesCarmen Silva (MSTC/SP)
Claudeane Bispo (Quilombo Brejão dos Negros/SE)
Nayara Jinknss (fotógrafa e educadora social)
Olinda Tupinambá (Cineasta)
Rosa Caldeira (Cineasta)
MediaçãoDébora Arruda (PPGA/UFS)
CoordenaçãoAna Paula O. Barros (PPGCOM/UFF)
Cristina Viviani (PPGA/UFPA)
Danielle de Noronha (DCOS/UFS)

Com o intuito de construir um diálogo entre a Antropologia e as práticas que ocorrem em outros campos, principalmente fora da academia, a Sessão Extramuros tem o objetivo de apresentar modos distintos de resistência às limitações e dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19. As pessoas convidadas, seja através da arte e da performance, seja a partir da comunicação e da militância política, compartilharão suas experiências e as formas como estão atuando para (sobre)viver individual e coletivamente, propondo caminhos, diálogos e modos de resistência outros.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: